English EN French FR German DE Portuguese PT Spanish ES

Já conheces o centro de ciência viva do Alviela?

Quem por aí gosta de passear nas férias para além de passar o tempo todo na piscina de papo para o ar?

Antes de mais nada, se são da minha team vão querer saber tudinho o que há para ver nas imediações do Amiribatejo, então cá fica mais uma. E antes que me digam “xii oh Cláudia mas essas coisas são tão aborrecidas” garanto que foi tudo menos aborrecido. Porquê?

Desde já fiquem a saber que para além do pessoal simpático e divertido, os centros de ciência viva aprende ciência na teoria mas acima de tudo na prática. Assim sendo, em cada salinha, depois da explicação, ficamos entregues à criança que há dentro de nós e podermos finalmente mexer em todos os botões. Ah! E fazer todos os simulacros. Existem vários Centros de Ciência Viva espalhados pelo nosso Portugal, cada um deles com o seu tema específico. 

O centro de ciência viva do Alviela é o Carsoscópio, nesse sentido, é um observatório do Carso pois toda esta zona é de calcário o que origina grutas e lençóis de água subterrâneos. 

Então, num pequeno vídeo ficas a saber umas curiosidades sobre esta zona, depois podes brincar. De seguida ouves uma simpática senhora a falar sobre os morcegos que habitam as muitas grutas que há por aqui. Depois bye bye mitos de que os morcegos bebem sangue (sim, sim, vai lá saber mais). O que se segue? Certo, brincadeira dentro de uma gruta cheia de morcegos a fingir. Com jogos, sons, pistas e mais! 

Para terminar temos um cinema 4D onde nos seguramos ao assento enquanto viajamos no tempo e vemos como tudo começou. 

Se forem como eu, no dia seguinte calçam uns ténis confortáveis. Não se esqueçam da garrafinha de água nem da mochila e vão em busca das grutas de que ouviram falar no dia anterior. E depois ficam maravilhados quando vêm ao vivo o que passaram a tarde interior a brincar no centro de ciência viva do Alviela. 

A entrada varia consoante haja ou não crianças e existem diversos acordos (informações bilhetes aqui). Cada visita dura, aproximadamente 2 horas (dependendo do quão brincalhões são). Durante o ano existem sempre atividades, festas e projetos e alguns deles até são gratuitos e bem interessantes.

Aqui os gostos variam mas para mim, que adoro a fauna e flora, ficar a saber mais sobre os morcegos foi top! Hábitos alimentares, mitos, gravidez das morcego-mães e tantas coisas mais… bem, aprender assim é super divertido! (E se achas que estou a exagerar havias de ter-me visto a fazer perguntas à senhora!) E sabem, agora já não tenho medo de vampiros e já sei de onde vêm aqueles mitos tontos.

Então, quando estiverem nesta zona e quiserem relaxar, apanhar ar fresco ou simplesmente fazer algo de diferente, já sabem. 

Ah! E por fim, esqueci-me da melhor parte, este centro de ciência viva fica na praia fluvial dos Olhos de Água, no Alviela. Portanto depois da visita podem dar um mergulho gelado!

 Um beijinho cheio de sol,

Cláudia Pintado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Usamos cookies no nosso website para lhe proporcionar a melhor experiência enquanto nos visita.